Jovens iratienses vão ao Rio para a Jornada Mundial da Juventude - Jornal Iratiin

Recente

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Jovens iratienses vão ao Rio para a Jornada Mundial da Juventude

Um grupo de 29 jovens da Paróquia São João Batista, de Irati, embarcou num ônibus às 6 da manhã desta segunda-feira (22) rumo ao aeroporto Afonso Pena, em Curitiba. De lá eles embarcaram para o Rio de Janeiro, onde estão participando da 14ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), onde também está o Papa Francisco, o primeiro papa não-europeu.

Iratienses na JMJ
Uma das organizadoras da viagem dos jovens iratienses para a JMJ é a coordenadora da Pastoral da Juventude da Paróquia São João Batista, CAM00387[1]Marília Setnarski, de 24 anos. Ela conta que já havia participado da última Jornada, em Madrid, no ano de 2011. No entanto, ela conta que a edição brasileira tem um clima diferente. “Em Madrid nós fomos apenas em três pessoas. Já aqui no Rio estamos num grupo grande e isso faz com que o viagem seja muito melhor”, explica.
Para ela, a principal diferença é o fato de estar entre os amigos do Grupo de Jovens, todos alinhados com a mesma ideia de aprendizado, interação e fé.
Segundo Marília, uma das propostas da viagem é justamente a peregrinação que, apesar de cansativa, tem sido recompensadora. “Nós estamos andando bastante, conhecendo várias igrejas e lugares. Cansa um pouco, mas vale muito a pena. Todos estão gostando muito e aproveitando o aprendizado”, afirma.
A receptividade do povo carioca também tem se destacado entre os iratienses. Marília diz que não estão tendo problemas em encontrar os locais, visto que todas as pessoas são muito abertas a dar explicações, indicar quais ônibus pegar e ensinar onde ficam os locais que os visitantes esperam chegar.
Em relação à religião católica, a organizadora da viagem afirma que o principal atrativo é, de fato, o Papa Francisco. “O Papa tem dado uma abertura muito boa à religião. Suas idéias vão de encontro com o que Cristo pregou e isso é muito enriquecedor para todos nós”, conta ela.
A estudante Bruna Rodrigues, de 14 anos, é uma das iratienses que está no Rio de Janeiro. Ela conta que a experiência está sendo cansativa, visto que o grupo está andando muito para chegar até os locais programados para visita. “Mas cada minuto vale a pena. A acolhida das famílias, o carinho com que as pessoas nos tratam e a interação com pessoas do Brasil inteiro e também de outros países está sendo muito bom”, afirma.
A peregrina de Irati, Elisangela Teixeira, diz que sua principal expectativa na JMJ é conhecer novas pessoas e trocar experiências. “Isso já começou a acontecer no Aeroporto Santos Dumont, onde os nossos jovens interagiram com jovens de outros países. Isso é uma alegria para nós, pois o objetivo da JMJ é proporcionar aos jovens um verdadeiro encontro pessoal com Cristo, seja no irmão, na oração ou na palavra”, comenta.
Vejas as fotos dos jovens no Rio de Janeiro

Texto: Guilherme Capello


Foto: Bruna Rodrigues